149 | A mulher e a tonelada de merda

Eu acho que as mulheres são bobas ao fingir que são iguais aos homens, elas são muito superiores e sempre foram, tudo o que você dá a uma mulher, ela vai tornar maior, se você der seu esperma, ela lhe dará um bebê. Se você lhe der uma casa, ela lhe dará uma lar. Se você lhe der mantimentos, ela lhe dará uma refeição. Se você lhe der um sorriso, ela lhe dará seu coração. Ela multiplica e amplia o que é dado a ela, então, se você der qualquer merda, esteja pronto para receber uma tonelada de merda!” Texto de William Golding.

William Golding (foto de capa) nasceu em 1911 e morreu em 1993, foi casado com uma única mulher, Ann Brookfield de 1939 a 1993, ano de sua morte. Escritor, dramaturgo, filósofo e Poeta também novelista inglês, laureado com o Nobel de Literatura de 1983.

Pode parecer um texto pejorativo, mas ele não é, ele apenas aponta para a capacidade das mulheres de tornar qualquer coisa grandiosa. E elas conseguem.

Léo Vilhena

Anúncios