124 | Quem ‘lembra’ do meu passado é o diabo e os seus filhotes

Não vou citar os meus erros do passado pois eu não tenho 5gb de espaço no disco virtual desse Blog, e precisaria de umas 500 páginas só para contar em detalhes os meus ‘passeios’ e devaneios criminosos e de mal-caráter até os meus 18  anos de idade. Não me orgulho do meu passado, nem fecho os olhos para ele (está lá morto e enterrado no baú do esquecimento) mas ele existiu, e o que ficou foram as más lembranças de como um homem pode chegar no fundo do poço e arrepender-se dos maus caminhos. E olha que os meus caminhos foram maus.

Mas o motivo exato para eu não te contar é por que DEUS já perdoou e apagou o meu passado e eu ‘sofro de Alzheimer’ precoce e não lembro dos detalhes (Percebeu a ironia?). Meu passado ficou lá atrás, no passado, ele morreu por lá e hoje eu sou uma nova criatura.

Mesmo assim, depois da minha genuína conversão, errei, cometi falhas e algumas vezes intempestivamente eu voltei a cometer erros pontuais, esporádicos, pois eu não sou perfeito, mas falhas voluntárias e propositais NUNCA mais eu cometi nada parecido da minha época do bicho e do monstro que eu havia me tornado. Até hoje eu tenho erros,  e as vezes tropeço em pecados mas eles são de natureza involuntária ‘Porque nem mesmo compreendo o meu próprio modo de agir, pois não faço o que prefiro, e sim o que detesto. Ora, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. Neste caso, quem faz isto já não sou eu, mas o pecado que habita em mim. Porque eu sei que em mim, isto é, na minha carne, não habita bem nenhum, pois o querer o bem está em mim; não, porém, o efetuá-lo. Porque não faço o bem que prefiro, mas o mal que não quero, esse faço. Mas, se eu faço o que não quero, já não sou eu quem o faz, e sim o pecado que habita em mim.‘ Romanos 7:15-20.

Lutei e levei muitos anos para ‘perdoar’ dos meus próprios pecados mesmo JESUS tendo lavado as minhas vestes com o seu sangue carmesim, pois os ‘irmãos’ de caminhada sempre ‘lembravam’ (jogavam na cara) o meu passado e os meus erros: ‘Lembra quando você fez isso…’

Eu tive muita dificuldade para me libertar do meu passado.

Foi somente em 1991, aos 21 anos de idade, ouvindo uma mensagem do reverendo Caio Fábio, que a verdade me libertou das cadeias que me prendiam ao passado: ‘Sou Eu, Eu mesmo, aquele que apaga tuas transgressões, por amor de mim, e que não se lembra mais de teus erros e pecados.‘ Isaías 43:25.

Deus já havia me perdoado mas os ‘irmãos’ da minha Igreja não me libertavam do meu passado. Deus já havia me perdoado, mas Ele ‘esqueceu’ de avisar isso aos meus ‘irmãos’.

Quando finalmente eu entendi que após o meu arrependimento genuíno, após a entrega do meu coração à Jesus de uma maneira sem reservas (arrependimento genuíno), após o meu batismo, após mudar minhas atitudes e as minhas ‘amizades’, enfim eu encontrei a paz, e entendi que mesmo os meus ‘irmãos’ não me liberando perdão, Jesus havia me perdoado, me dado um novo coração e jogou o meu passado no ‘vaso e deu descarga’: ‘Esqueceu o meu passado de erros e pecados’.

Mas vira e mexe encontro com alguns ‘amigos’ e eles dizem assim para mim: ‘Léo, lembra quando…’ eu corto logo a frase ‘amorosa’ e pergunto: ‘Não lembro, e se Deus também não lembra, não é você e teu papai que vão me fazer lembrar. O que mais o teu pai Lúcifer quer que eu lembre do meu passado?’. Em geral as ‘lembranças’ são apenas acusações para recordar de pecados dos quais eu não tenho orgulho e lembrar vai trazer ao meu coração dor e mágoa, que eu não quero reviver, por isso eu sou radical.

O meu ‘corte abrupto’ é o suficiente para os meus ‘amigos’ do passado irem embora chateados, espumando pelas bocas e nervosos. Mas eu não tenho um pingo de remorso ou ‘pena’ (até por que eu não sou galinha) ao tratar os filhotes de satanás assim, e por que eu digo isso?

A bíblia é bem clara quando diz em Apocalipse 12:10 ‘Então ouvi uma forte voz dos céus, que dizia: “Agora veio a salvação, o poder e o Reino do nosso Deus, e a autoridade do seu Cristo, pois foi lançado fora o acusador dos nossos irmãos, que os acusa diante do nosso Deus, dia e noite.

Quem lembra do meu passado é o diabo, quem me acusa do meu passado é o diabo, quem não aceita eu ser perdoado do meu passado é o diabo, quem não ‘esquece’ o meu passado é o diabo, pois a bíblia diz que ele nos acusa de dia e de noite, então é fácil de entender, que toda a pessoa que chega até a mim para lembrar-me do meu passado é um filhote de satanás, pois se o diabo não está ali na minha frente, é o filho dele que foi enviado do inferno para me fazer lembrar de um passado que já está esquecido, perdoado e abandonado na cruz (eu nunca mais repeti os erros do passado). Por esta  razão quem acusa tem parte com satanás e eu não tenho pena e nem tampouco sou educado para tratar com os filhotes do capeta. Ele já teve o tempo dele na minha vida, e hoje não tem mais morada em meu coração e eu nem quero papo com o capeta.

Minha vida é um livro aberto, mas esse livro foi perdoado, rasgado e queimado na Cruz do Calvário. Não aceite acusações dos filhotes de satanás. Jesus já te perdoou. Entendeu por que eu não aceito lembranças do meu passado?

Léo Vilhena
Meu passado foi perdoado e apagado em Cristo

 

Anúncios