106 | Estou de volta a ‘casinha’

Estar ‘fora da casinha‘ é uma expressão popular e metafórica, que é usada para referir-se a um pessoa que esteja fora de seu “estado normal“, pode ser um surto nervoso, embriagado, triste, ‘perdido’, confuso ou que esteja passando por um período de instabilidade emocional, por situações reativas à vida.

Nessa vida agitada e louca do século XXI, quem nunca esteve em algum momento ‘fora da casinha’, que atire a primeira pedra.

É muito fácil julgar todos aqueles que estão ou já estiveram ‘fora da casinha‘ e na realidade nós não conhecemos com profundidade a história de qualquer pessoa. Entre outras coisas, por isso não nos cabe julgar. Leia AQUI.

Eu estive fora e voltei recentemente.

As causas do meu ‘passeio’ fora de casa foram as perdas da minha filha que morreu em um acidente de carro aos 23 anos de idade, problemas no trabalho, com a família da minha esposa, problemas que acabaram influenciando em meu casamento (não deveria, mas aconteceu), problemas e dificuldades que minaram a minha capacidade de absorção de tantas pressões simultâneas. E para piorar, no meio de tudo isso, minha filha caçula sofreu uma parada cardiorrespiratória por causa de uma broncospirometria e o susto me desencadeou um enfarto e um AVC, que seguiu de uma severa depressão reativa de natureza química. Ainda estou em fase de recuperação física e motora.

Por isso andei tomando atitudes erradas, equivocadas, reações que normalmente eu não teria e que quase custou em meu divórcio e num desejo de me livrar de todo esse sofrimento a qualquer custo.

Nesses momentos você quase não encontra um braço estendido para te salvar, mas você encontra linguas esticadas para acusar.

MAS MISERICÓRDIA ME ALCANÇOU.

Estou de volta a casinha, mais lúcido do que antes, muito mais analítico do que no passado e extremamente mais dependente de Deus, do que antes do meu ‘passeio’. 

Nessas horas a gente nivela-se por baixo, esquece de reagir com fidalguia e deixamos nos abater pelos obstáculos da vida que te expulsam da casinha’.

Léo Vilhena
Estou de volta a ‘casinha’

Anúncios