080 | A honra de poder dizer: Eu nunca traí a minha esposa

Erros eu tenho, erros eu cometo, falhas eu tenho, falhas eu cometo, desvios involuntários eu tenho, erros involuntários eu cometo, explosões e acessos de fúria eu tenho e explosões eu cometo (não sou perfeito), mas todas essas situações são erros involuntários, nenhum dos meus fracassos é feito violando o meu caráter. Por que isso? Porque eu tenho caráter, honra e sei o que é respeitar a família.

O meu caráter é inegociável, inviolável e não sofre alterações conforme as situações.

Eu posso bater no peito sem mentiras, sem falsidades, sem demagogias e sem invenções fantasiosas: EU NUNCA TRAÍ A MINHA ESPOSA e de mim ninguém tira essa honra.

Eu tenho um compromisso, um acordo, um voto e uma palavra com Deus, com a minha esposa e com a minha família, será até que a morte nos separe e JAMAIS TRAÍ, NÃO ESTOU TRAINDO E JAMAIS COMETEREI TAL LOUCURA. Por que? Porque eu tenho caráter, honra e sei o que é respeitar a família.

Estou ficando cansado de ouvir hipocrisias no meio evangélico de honra, respeito e amor, quando por trás dos panos, tem homens que se dizem cristãos que usam camisinhas para não engravidarem suas amantes e seus ‘casinhos’.

Esse falso ‘puritanismo’ está me enchendo o saco, quando falsos crentes de voz mansa, olhar compungido e postura de santarrão tentam vender essa imagem para os imbecis que acreditam, enquanto por trás dos panos, anda soltinho prevaricando e traindo, e como o que ‘vale’ é chumbo trocado, para vingar-se a esposa vai e dá o troco na mesma moeda, com seu amante latino-americano. QUE NOJO.

Basta a hipocrisia dos fariseus que estão tomando conta de mentes e corações. Se você nunca traiu sua esposa junte-se a mim e brade para o mundo e o diabo ouvir: EU POSSO DIZER EM O NOME DE JESUS CRISTO DE NAZARÉ, EU NUNCA TRAÍ A MINHA ESPOSA.

Léo Vilhena
De saco cheio com a hipocrisia do ser-humano

 

 

Anúncios