047 | Ninguém consegue viver só

[ Esse texto foi originalmente escrito e publicado em Janeiro de 2005 e foi recuperado pelo Analista de Sistemas Anísio Jr de São Paulo. Obrigado amigo ]

“As vossas palavras foram duras para mim, diz o SENHOR; mas vós dizeis: Que temos falado contra ti? Vós dizeis: Inútil é servir a Deus; que nos aproveitou termos cuidado em guardar os seus preceitos e em andar de luto diante do SENHOR dos Exércitos? Ora, pois, nós reputamos por felizes os soberbos; também os que cometem impiedade prosperam, sim, eles tentam ao SENHOR e escapam. Então, os que temiam ao SENHOR falavam uns aos outros; o SENHOR atentava e ouvia; havia um memorial escrito diante dele para os que temem ao SENHOR e para os que se lembram do seu nome. Eles serão para mim particular tesouro, naquele dia que prepararei, diz o SENHOR dos Exércitos; poupá-los-ei como um homem poupa a seu filho que o serve. Então, vereis outra vez a diferença entre o justo e o perverso, entre o que serve a Deus e o que não o serve.” Malaquias 3:13-18

Olha só minha gente, de tantas frases e expressões filosóficas, poéticas e teológicas que andam espalhadas por aí, verdades até do cotidiano, de todas elas, uma eu creio ser de uma intensidade sem fim: Ninguém consegue viver só.

Mas aí vem, depois de dizer esta frase, aí vem a tal da interpretação de texto; aí vem a tal da interpretação fonética; aí vem a tal da interpretação literal: o que é que o cara quer dizer com o que esta expressando?

Aí é que surgem os maiores neurolinguistas do mundo; aí é que surgem os maiores psicólogos do mundo, que conseguem, entre aspas, interpretar os outros; aí vem os maiores “amigos” da face da terra, pois todo mundo tem uma interpretação, muitas das vezes errada, dos fatos que cercam a vida da outra pessoa.

Se o cara cai de cama, e não na cama com alguém, se o cara cai de cama logo dizem: O cara ta em pecado! Sentenciam e mandam pro cárcere privado da alma humana. Aprisionam a mente do cara. Julgam o cara como se eles fossem mais santos ou juízes de alguém.

Mas o cara só ta gripado, mas logo dizem: andou cometendo pecado. É a necessidade de responsabilizar à nível pecado as questões mais banais da vida. O cara ta gripado e só.

Mas quando você diz, ninguém consegue viver só, o que logo vem em sua mente?

A priori, esta pergunta não pode ser respondida numa relação universal, mas sim no âmbito pessoal. Não na universalidade, mas sim na individualidade. Mas por que eu estou dizendo isso?

Simples. Porque esta questão só pode ser respondida pelo próprio umbigo. Um umbigo não pode falar de outro! Ninguém pode responder esta pergunta pelo outro, somente cada pessoa, somente individualmente.

Porque esta questão tem definições e interpretações variadas. Cada um de nós vai interpretar as situações do dia a dia mediante sua própria historia, mediante suas próprias interpretações, mediante sua própria história e vivência.

Mas então qual é a temática que eu gostaria de focar?

Na questão da falta de se ter amigos honestos e verdadeiros ao nosso lado. Ninguém consegue viver só. Mas eu não estou falando de números de pessoas à nossa volta, ou na inexistência deles, mas estou falando é da impossibilidade, da incapacidade de caminhar sem um verdadeiro amigo do lado. E eu não que trazer religiosidade pra questão, ou seja, eu não to falando do grande amigo que somente é encarnado na pessoa de Jesus (esse é o nosso real amigo), mas eu to falando da questão terrena, do amigo que mora ao lado. Ou alguém crê que possa passar na terra sem ter uma companhia?

Uma das maiores tragédias humanas é não poder ter um verdadeiro amigo. Eu não to falando dos falsos amigos, mas sim de amigos verdadeiros.

Eu não to falando do impiedoso que se traveste de piedade e tenta se passar por amigo sendo ele inimigo. Eu to falando é da necessidade de se ter um verdadeiro amigo, real e honesto.

Amigo é aquele que chora junto, que anda junto, que morre junto, que protege. É aquele que você chama pra andar uma milha, ele anda 5 milhas. Que não te engana, não passa a perna, não mente pra você, que não fingi estar ao teu lado, mas anda com você mesmo. Tem gente que consegue andar ao teu lado, fingindo ser teu amigo, e numa primeira oportunidade diz pra ti: “Você pra mim morreu. Eu não confio em você desde aquele dia que você não me agradou. Que você fez o que eu não queria que você fiszesse. Para mim você acabou naquele dia”. O marginal e sequestrador da alma humana fala assim pra você, mas foi capaz de passar 3 meses andando com você, sorrindo pra você, indo na sua casa, pedindo para ir a praia com você e com sua família, mas já pensava isso de você… Isso é ser doente!

O que estamos cansados de ver hoje em dia é a procriação é a multiplicação dos falsos amigos, que invertem a ordem natural das coisas relativas à amizade. Eu to falando da tragédia humana que se desenvolve e se espalha pelas igrejas, ou vocês vão querer que eu acredite que vocês não conhecem gente falsa? Em todos os lugares existem estas bestas humanas.

Em todos os lugares existem adeptos e destruidores da psique humana. Mas por que eu digo isto com esta convicção? Somente porque eu também já fui alvo deste tipo de Ser que se chama humano, mas que narealidade é uma animal sem razão.

O ser humano, como natureza, é animal. Crocodilianamente, animal. Falso amigo é aquele que não sabe o que Deus quer pra vida do outro, mas se arroga do direito de praticar a insensatez e vomita no ouvido do outro com uma voz e um olhar (im)piedoso e diz: Eu to orando por você!

Mas aí a vítima deste falso amigo ou desta falsa amiga se surpreende e pergunta: Mas por que?

Aí vem a sentença impiedosa, maldosa, cheia de presunção de um juízo, cheia de falsa autoridade, cheia de bafo demoníaco: É porque você está em pecado! É a sentença.

Aí a pessoa que é vítima de um desses se espanta e pergunta quase que em transe: Mas por que? O que eu fiz?

O indivíduo que mais se parece com um crocodilo diz: É porque você ta namorando fulano; é por que você comprou aquela saia que para mim ta curta demais; é por que você bebeu vinho; é por que você dançou na igreja e dançar é pecado.

No meio evangélico, julgamento de pecado tem muito haver com gastronomia e vestuário, quase nunca tem haver com interioridade. O pecado mora dentro de nós, mas o cara só julga o exterior.

Aí os crocodilos mostram a cara. Um crocodilo só pode reconhecer no outro atitudes crocodilianas, se ele for um crocodilo. Mas as vezes, por ser um ser irracional, suas interpretações na maioria das vezes estão equivocadas.

No meio de nós existem muitos animais crocodilianos, e não sou eu quem comparo a igreja a animais. Tiago fez isso, ao comparar o poder venenal da língua a um cavalo. Leia Tiago 3:3. Talvez ele tivesse em mente o que Davi disse em  Salmos 32:9. Aqui Davi é mais enfático e contundente, comparando muitos de nós com cavalos e mulas. Mas ele pode, ele é o rei Davi, e com ele você não fica ofendido. Já imaginou se é o Pr. Léo que fala isso? Seria crucificado…

Agora sabe onde esta o problema de tudo isso e de todas estas tragédias? O problema é que cada um de nós pode decidir que tipo de animal quer ser: ou um crocodilo violento ou uma ovelha bem apascentada, que só traz alegria ao seu pastor.

No meio de nós existem muitos animais crocodilianos, e maioria de nós não sabe nem diferenciar um crocodilo de um jacaré. Não sabe diferenciar gente boa de gente ruim. Não sabe diferenciar um injusto de um justo. Por um simples motivo: o impiedoso usa mascara de piedade; fala cheio de falsa ternura; mostra-se preocupado com o outro; diz que ora, reza, faz jejum e bate tambor.

O impiedoso diz estar cheio de boas intenções, mas o máximo que consegue é viver disseminado intrigas e contendas. Diz estar cheio de boas intenções, mas ele vai pro inferno com essas dissimulações satanistas. E normalmente o impiedoso tem na boca (só na boca) palavras religiosas e “bons” conselhos.

Aí eu me pergunto: como me livrar desse tipo de gente?

Aí eu me pergunto: como me livrar desse tipo de tragédia ambulante?

Aí minha resposta se esbarra no texto que lemos no início: O único que consegue separar o joio do trigo invisível, o único que consegue separar o joio que finge que é trigo no campo espiritual, é o Senhor Deus.

Ele é o único que pode agir ao nosso favor e nos livrar desta tragédia.

É Ele quem vai nos mostrar a diferença daquele que serve a Ele para aquele que finge servir.

Toda mensagem é voltada para alguém ou para um grupo de pessoas.

Esta mensagem é voltada para quem então?

Se eu disser que ela é para todos os crocodilos e animais selváticos que fingem que servem a Deus, mas que não servem, se eu disser que é para eles, eu corro o risco de não ver ninguém se assumindo como crocodilo, pois um crocodilo não gosta de mostrar a cara de crocodilo. Ninguém se assume como animal irracional, pois o ser impiedoso é geralmente covarde, por isso fala pelas costas, pois não tem coragem de falar na cara do outro o que pensa e fala por trás. É falso, muda de opinião ao ser pressionado. E é mentiroso daí se assume, pra não mostrar a cara.

Temos que nos precaver em Cristo, contra estes crocodilos. Eu assisto muito o National Geograpich Channel. Lá tem um Médico Doutor Braddy Barr, chamado de Doctor Crock, que vive a vida a pegar e a estudar cobras e crocodilos. Ele é uma das maiores especialidades do mundo nos assuntos relacionados a estes animais. Mas até ele se surpreende com as atitudes desses animais.

Outro dia desses, no Panamá, ele capturou um crocodilo de 5 metros e disse para todos os que ali estavam, que por natureza aquele crocodilo ao ser solto, iria correr direto para o rio que estava a sua frente, já que ao capturá-lo o Doctor Crock o levou para a margem, afastada uns 3 metros da beira do rio.

Para espanto de todos, e até do Doctor Braddy Barr, ao ser solto, o crocodilo tentou mordê-lo e correu pra dentro da floresta, mudando assim sua condição e reação natural de ir em busca de água e do rio, seu habitat natural.

Crocodilo sempre muda de atitude, é sempre incoerente, e devemos em Deus, nos livrar deles. Só Deus pode nos livrar deles.

Então esta mensagem é para quem?

É para todos aqueles que já foram ou estão sendo atacados por estes crocodilos da vida.

Descanse no Senhor. Ele te dará Paz.

Creia no Senhor e Ele te afastará desses crocodilos.

Ele pode mudar a tua sorte. Se você está sendo vítima de uma besta humana dessas, tenha a certeza de que Deus pode mudar tudo. Confie nEle. Se lance nos braços do Pai. E ore para que ele te afaste deste inimigos da vida.

Outro dia ouvi um pensamento muito interessante: “Se meu inimigo fosse só o diabo, para mim era fácil viver, pois a Bíblia garante que Maior é o que está em mim. A Bíblia garante que Deus tem poder muito maior do que o diabo. Mas a maior dificuldade em viver, é conviver com os falsos amigos, que muitas vezes são mais inimigos do que o diabo. Do diabo eu sei que posso esperar coisas ruins, mas do falso amigo, eu não sei o que esperar…”

Que Deus te dê graça para fugir da desgraça dos falsos amigos.

Paz!

Léo Vilhena
* Esse texto foi publicado em 2005

Anúncios

Um comentário

Os comentários estão fechados.