A Prosérpina mora aqui em casa

Existe uma estória da mitologia grega que é muito emblemática: A deusa Prosérpina, filha da deusa Ceres, foi raptada por Plutão, o deus das trevas, que foi alvejado por uma flecha de Cupido e caiu de amores por ela. Foi levada para o mundo subterrâneo e impedida de voltar à superfície, tornando-se esposa de Plutão. Ceres, ao descobrir o rapto da filha, ficou furiosa e exigiu que a mesma fosse devolvida a ela. Plutão, por sua vez, não queria abrir mão de sua amada, porém concordou que Prosérpina retornasse à superfície com a condição de que passasse a metade do tempo com ele. Assim, a deusa foi libertada, mas durante 15 dias do mês descia ao mundo das trevas para rever seu marido.

proserpinaComo Prosérpina, muitas mulheres passam metade do mês submergidas nas trevas, dominadas por sensações das mais variadas e perigosas. São sentimentos de tristeza, fadiga e irritabilidade. Ah, esqueci de dizer: e um perigoso sentimento assassino.

Nesses períodos a mulher diz que ama e odeia o marido com a mesma velocidade, intensidade e certeza de um raio ou até mais rápida do que a velocidade da luz que é de 299 792 458 m/s.

Gritos, berros, raivas e descontroles passam a fazer parte do dicionário, do cotidiano e da história de vida de muitas mulheres. Dias atrás eu vi uma foto que era assustadoramente real: o marido olhando a bela esposa dormindo ao seu lado na cama, enquanto ele pensava; ‘e tem dias que o nome dela é satanás‘. Por mais absurda que possa parecer essa analogia, 20% das mulheres que sofrem de desorganização mental temporária, se tornam lúcifer durante 15 dias do mês. E dessas mulheres outras mulheres sofrem com uma TPM ainda mais forte.

Você acha que eu estou exagerando? Vá conversar com psiquiatras e escutem o que eles tem a dizer sobre isso. Trata-se de uma doença grave. O quadro é chamado de desordem disfórica pré-menstrual (DDPM) ou TPM Severa ou TPM Bipolar, é definido como uma forma bem mais severa de TPM e chega a atingir cerca de 2 a 9% da população feminina mundial. E o pior: até hoje as causas não foram descobertas e tão pouco remédios que sejam eficazes para acabar ou diminuir com essa fúria assassina. E para o meu ‘azar’ uma dessas mulheres, que fazem parte desses percentuais (2 a 9%) dorme ao meu lado na cama. Eu durmo todos as noites com o ‘inimigo’. Eu tenho uma tese que um dia eu te conto: Toda mulher bonita é da turma da DDPM. As normais tem TPM e as barangas não tem sequer TPM. Imagine se as barangas tivessem TPM. Nem bêbados os coitados pegavam elas.

Mas eu já tentei de tudo e de todos os tipos de cacau (reza a lenda que cacau ajuda na TPM): Chocolate amargo, meio amargo, ao leite, branco… Eu não confio mais nessa ‘lenda’ que diz que chocolate ajuda nessa disfunção. A coisa só piora. Eu já perdi as contas de quantas vezes fui ‘expulso’ de casa durante essas crises.

Hoje acabou de acontecer e se eu não deixo para lá, hoje eu estaria morando debaixo da ponte de Ernesto Geisel. E olha que ontem eu escutei assim na hora do Jantar: Meu amor, como eu te amo, você sabia disso? Mas hoje ela acordou encarnando a Prosérpina…

Eu sei muito bem o que é a DDPM e suas causas pois aqui em casa eu tenho um belo exemplar dessa doença. Que Deus nos livre de todo o mal.

Nota: Abaixo uma gravura que representa muito bem a DDPM.

Léo Vilhena
Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. Prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.’
Filipenses 3:12,14

donna cartumAlô, Doutor? O Senhor tem algum remédio para uma crise forte de TPM?

Anúncios

Os comentários estão encerrados.

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: