Errei e agora?

Em 1998 eu lancei um livro chamado ERREI E AGORA? e ele vendeu 100 mil cópias em uma época que era difícil vender livros e não existia a facilidade da poderosa internet para a divulgação.

Nesse livro eu conto como um menino de família tradicional virou ‘pivete’ e ‘bandidinho’ que adorava roubar e assaltar e como um pastor não desistiu daquele garoto e aos 17 anos de idade, ele teve um encontro sincero e genuíno com o Senhor Jesus. Quem era esse garoto? Era eu.

Ganhei alguns prêmios com esta obra literária independente lançado pela MVA e uma frase que coloquei nesse texto me marcou positivamente até hoje:

Errei, e agora? Agora meu querido, é a hora de refazer os seus erros e consertar o estrago que você causou. Se foi voluntário ou involuntário, agora não faz sentido buscar explicações: é a hora de você consertar o seu erro.

E conclui dizendo:

‘Perca’ um minuto da sua vida sendo honesto, para você não tenha que viver aprisionado para o resto de sua vida, tendo que manter a mentira que você contou naquele minuto.

Lembrei desse livro agora e passou um filme pela cabeça. Tempos bons que não voltam jamais. Até hoje eu me recordo como fui buscar a primeira prensagem (foi rodado numa gráfica no centro do Rio de Janeiro) e como comemorei o lançamento do livro tomando laranjada e comendo hambúrguer no Shopping Carioca.

Léo Vilhena
Não que eu o tenha já recebido ou tenha já obtido a perfeição; mas prossigo para conquistar aquilo para o que também fui conquistado por Cristo Jesus. Prossigo para o alvo, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.’
Filipenses 3:12,14

Anúncios

Os comentários estão encerrados.

Site hospedado por WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: